Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Milorde

A máquina de café / O preço do café

Milorde, 04.03.22

coffee-g5fa714f25_1920.jpg

Comprei uma máquina de café, a crédito, para pagar em 3 vezes. Ai, o que seria da minha vida sem um cartão de crédito! Espantem-se, meus caros, eu vivi estes anos todos sem uma máquina de café em casa. De verdade.

Não pensem que é uma máquina de café qualquer. Esta não leva cápsulas mas sim café moído que coloco num manípulo tal e qual como aquelas que vemos na cafetaria mas em versão mini. Assim serei mais amigo do ambiente e pagarei muito menos pelo meu café. Sempre a pensar em economizar.

Já repararam no preço do quilo de café que vem em cápsulas? É mais do triplo. Reparei que algumas marcas, com aquelas cápsulas em alumínio de ouro com um café suave e blá blá blá, vendem a 60€ o quilo de café! Um absurdo.

Então, se eu compro uma embalagem de café moído de 250 gramas por menos de 2€, fazendo as contas pago pelo meu café cerca de 8€ o quilo. Uma grande diferença, não é?

Os meus conselhos para hoje: Leiam bem os rótulos, façam as contas, e economizem o mais que puderem, porque isto nao está para brincadeiras!

 

Na padaria

Milorde, 15.10.21

coffe-g8ab0c01f3_1920.jpg

 

Todas as manhãs na padaria de Barbalimpa reúnem-se 5 mulheres para tomarem o pequeno almoço e falarem mal da vida dos outros. Claro que elas não vão dizer que falam sobre a vida das outras pessoas, elas são Madames corretas que vão à missa das 8h todos os domingos, mas aquilo é um corte e costura com tesouras tão afiadas que quem passa perto arrisca-se mesmo a levar um corte!

- Sabes do escândalo que aconteceu na casa dos Pereira?

- Não, não soube de nada...

- Não é que o marido apanhou a mulher na cama com o amigo deles!

- Não posso! Quando? Como?

Para contar estes pormenores mais sórdidos elas baixam o tom de voz, mas quando é para dizer algo banal aquilo mais parece a feira da ladra! Certo dia quando lá fui buscar o pão, uma das senhoras ria-se tanto que cuspiu o leite com café todo para cima de outra, e uma delas teve que ir a correr para a casa de banho com a mão entre as pernas para não urinar nas calças.

- Deus me livre, que escândalo! Elas andam com o fogo no cu. Olhem que em toda a minha vida só o meu marido me tocou, e era sempre com a luz apagada!

- Ai eu também. O meu marido nunca me viu nua! Agora elas andam todas despidas na rua.

Elas ficam lá cerca de 2 horas e depois vão-se embora para os seus afazeres. Na padaria fica um silêncio acolhedor e as funcionárias suspiram de alívio.