Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Milorde

A saca das sacas

Milorde, 31.05.21

Caros leitores, bom dia! Peço desculpa pela minha ausência. Outros assuntos pessoais e profissionais levaram a este período de ausência tão longo que hoje não poderia deixar de iniciar este texto (humorístico tal como todos os outros, porque isto é um blog de humor) com um pedido de desculpas sincero que espero que compreendam. Prometo ser mais ativo e tentar trazer alguma alegria e gargalhadas a todos vocês a quem a vida poderá estar mais cinzenta ainda devido a esta pandemia que teima a não desaparecer. Como se costuma dizer em jeito de brincadeira, nunca vi algo criado pelos chineses a durar assim tanto tempo!

Bem, pedido de desculpas feito, agora vamos ao que realmente me trouxe até aqui.

Não sei se nas vossas casas existe, mas nesta minha humilde mansão que tão bem conhecem, existe uma saca das sacas. Para quem não sabe o que é, uma saca das sacas é simplesmente uma saca maior onde colocamos todas as outras para que fiquem arrumadas e não espalhadas em todos os cantos das nossas casas.

Posso vos confessar que a minha saca das sacas já atingiu um volume que eu não sei como ainda consigo colocar mais sacas lá dentro. Eu sei que não é nada ecológico mas sempre que vou às compras esqueço-me sempre de levar um saco.

Ora esta manhã fui ao supermercado apenas, dizia eu, para comprar um quilo de laranjas e um frasco de mel. Porém, devido a todas as estratégias de marketing que utilizam, acabei por trazer umas bolachas de arroz com cobertura de iogurte que estavam em promoção, comprei uma embalagem de bebida de aveia porque ficava mais em conta trazer as quatro, e trouxe também um saco de cenouras que trazia mais 25% grátis.

Quando cheguei à caixa e a funcionária me perguntou se queria uma saca, claro que eu disse que sim, caso contrário seria impossível trazer tudo nas mãos. Resumindo, mais uma saca para a saca das sacas! Isto até parece um trava-línguas daqueles que aprendemos na escola.

Por isso, serve este meu texto para vos dizer que: façam o que eu digo e não façam o que eu faço. Levem sempre saco pessoal porque temos que olhar pelo nosso ambiente. Deste lado eu prometo (com os dedos cruzados atrás das costas) que vou tentar, antes de sair de casa para ir ao supermercado, ir sempre até à saca das sacas para trazer uma comigo.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.